Vejamos… Uma boa solução para corrigir a sua estética oral pode muito bem passar pela colocação de facetas dentárias.

Estas facetas, tratam-se de um espécie de ‘capas’ que corrigem falhas como, dentes partidos, lascados, dentes manchados, tortos ou desalinhados, por exemplo. E podem ser de porcelana/cerâmica, ou de resina (compostas ou acrílico).

> Então e as lentes de contacto dentárias?

As lentes são na verdade facetas dentárias com características quase idênticas, contudo são ultra-finas, e mais apropriadas para corrigir pequenos defeitos estéticos.

Por essa diferença de espessura, os procedimentos de colocação não são exactamente os mesmos, o desgaste aplicado ao dente natural é menor com as lentes, e isso é uma vantagem para as lentes de contacto. Por outro lado, se se pretende corrigir a cor dos dentes, as lentes entram em desvantagem, uma vez que se os dentes forem demasiadamente amarelos ou escurecidos esse facto notar-se-á, pela fina espessura das próprias lentes.

Já as ‘facetas dentárias’, de maior espessura, corrigem questões de cor ou de manchas demasiadamente acentuadas, e são geralmente ideais para dentes desalinhados e com maior perda de estrutura natural.

A aplicação de um ou de outro tratamento depende da recomendação dada pelo médico dentista após avaliação e ponderação das vantagens e desvantagens do caso clínico em questão.